O preconceito é sempre um saber automático sobre o outro | Muniz Sodré

O preconceito é sempre um saber automático sobre o outro. O preconceito não precisa de provas. Você vê o outro, vê a aparência, vê uma imagem feita e automaticamente pensa que sabe tudo sobre ele. Descriminamos porque ignoramos intelectualmente e afetivamente que estamos excluindo o outro, estamos excluindo o diverso. Não sabemos lidar com a diferenciação porque não sabemos fazer diferença.

Muniz Sodré é jornalista, sociólogo, professor e tradutor brasileiro.