História do Brasil: Os europeus ocidentais queriam pimenta para disfarçar a podridão da carne que comiam

A dupla formada pelo ouro e pelas especiarias constituiu os bens mais buscados na expansão portuguesa. É fácil perceber o interesse pelo ouro. Ele era utilizado como moeda confiável e, por outro lado, empregado pelos aristocratas asiáticos na decoração de templos, palácios e na confecção de roupas. Mas porque as especiarias, ou seja, os condimentos?

O alto valor dos condimentos se explica pelos limites das técnicas de conservação existentes na época e também por hábitos alimentares. A Europa ocidental da Idade Média foi uma “civilização carnívora”. Grandes quantidades de gado eram abatidas no inicio do verão, quando as forragens acabavam no campo. A carne era armazenada e precariamente conservada pelo sal, pelo fumo ou simplesmente pelo sol. Esses processos alimentares, usados também para conservar o peixe, deixavam os alimentos intragáveis e a pimenta servia para disfarçar a podridão.

Boris Fausto em A história concisa do Brasil.